Sorting by

×
  • Ter. Jun 28th, 2022

REGIÃO PREPARA “ATLANTIC GEOPARK” APOIADA EM VISITA TÉCNICA AOS AÇORES

O Município da Mealhada integrou, com a AD ELO uma visita técnica aos Açores, no âmbito do projeto 3G – Geoturismo, Geoeducação, Geoconservação, que visa a preparação do projeto “Atlantic Geopark” – “Geoparque do Atlântico”, que une a AD ELO e os municípios de Mealhada, Cantanhede, Figueira da Foz, Mira, Montemor-o-Velho e Penacova.

 

“É importantíssimo que conheçamos as boas práticas, que exista esta cooperação entre territórios que partilham características semelhantes, nomeadamente, o facto de serem territórios com alto valor natural, paisagístico, geológico e cultural e que possuam ou venham a possuir um Geoparque”, sublinha Filomena Pinheiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada.

A visita, que decorreu entre 15 e 18 de maio, às ilhas do Faial e da Flores, integrou ainda os Grupos de Ação Local dos Açores, de Trás os Montes e Alto Douro e da Serra da Estrela.

 

A AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego e os municípios de Cantanhede, Figueira da Foz, Mealhada, Mira, Montemor-o-Velho e Penacova, acordaram entre si o interesse na constituição, neste território de intervenção, de um “Geoparque” denominado “Atlantic Geopark” – “Geoparque do Atlântico” que venha futuramente a ser reconhecido e integrado na rede de “Geoparques Mundiais da UNESCO”.

Para ser considerado como “Geoparque Mundial da UNESCO” o território deverá ter uma área geográfica significativa, mas singular e unificada, que possua importantes recursos geológicos (geossítios) de importância nacional e internacional. O território de intervenção da AD ELO, correspondendo aos seis municípios, reúne em si todas estas características fundamentais para o futuro reconhecimento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.